Estamos de volta! Valorizando a Literatura Nacional! Entenda que momento é esse que estamos vivendo e quem são os autores que se destacam





Foram três meses de silêncio, tempo que a nossa querida Paulicéia ficou adormecida. Mas felizmente ela está de volta! E agora mais desvairada do que nunca. Uma volta recheada de novidade, com layout novo, mais bonito e moderno, e pra brindar uma nova proposta: Valorizar a Literatura Nacional!

Pode revirar nosso arquivo, são 42 posts e todos eles tratam de único assunto: literatura, sempre brasileira. Se você passear por todas as colunas, vai perceber, não tem um livro ou ator estrangeiro  em destaque. A literatura brasileira vive um grande momento, conquistando cada vez mais leitores e revelando autores brilhantes, mas infelizmente a grande massa da população ainda não tem conhecimento disso. É por isso que o blog "A Paulicéia Desvairada" assume essa proposta de inteira valorização nacional. 

Os livros internacionais ainda são os mais vendidos, os mais comentados, os mais repercutidos, os que mais saem na mídia. Enquanto a maioria dos nacionais não tem sequer espaço decente nas livrarias. 

Não, o nosso objetivo não é supervalorizar os nacionais em detrimento dos estrangeiros. Muito menos insinuar que a nacionalidade interfere na qualidade de uma obra. Existem livros nacionais ruins, muitos ruins, assim como livros americanos e britânicos de baixa qualidade. Mas principalmente existem nacionais bons, muito bons, daqueles que a gente não desgruda o olho um minuto e o grande problema é que esse livro tão sensacional não é divulgado, não tem espaço para concorrer com as megaproduções gringas. 

Nós queremos espaço, apenas espaço, mas nada. Queremos lutar com os internacionais de igual pra igual, com o mesmo investimento, o mesmo destaque e a mesma divulgação. Igualdade na publicação. Queremos que as editoras deem espaço pros escritores nacionais iniciantes, pois há muita coisa boa que ainda não foi sequer publicada e o caminho para uma boa publicação é muito difícil. 

Sabemos que ainda há um longo percurso até conseguimos o que queremos, mesmo assim, precisamos fazer nosso barulho e mostrar nosso valor. Afinal, não somos coitadinhos, corremos atrás de leitores fazendo divulgação em massa nas redes sociais. A partida já foi dada. 

Estamos em um cenário magnífico de incrível efervescência, onde cada dia um surge um autor novo sendo publicado. A cartela de nomes que está conquistando seu espaço e mostrando sua marca não para de crescer e o que não falta é estilo, estes novos escritores passeiam por todas as áreas. Tem de fantasia ao chick-lit, passando pela literatura teen. Tem espaço pra todo mundo, pra todos os gêneros, todas as formas de escrita. 

Não dá pra deixar de citar também os blogs literários, como este, que cada dia ganham mais notoriedade. Livros que divulgam a literatura de todas as formas, verdadeiros apaixonadas pelos palavras, que também lutam pela ascensão da leitura nessa nossa terra tupiniquim. 

Pensando nesses novos talentos, nesse momento incrível, que nossa literatura vive, eu escolhi dez nomes que surgiram há pelo menos três ou dois anos e são os protagonistas desse movimento. Organizados em ordem alfabética:






Babi Dewet 


Carioca de 26 anos, a escritora começou escrevendo fanfic na internet. Seu primeiro livro "Sábado à Noite", que pertence a uma trilogia, é uma fanfic inspirada na banda inglesa McFly, que virou livro publicado de forma independente. Vendeu mais de mil exemplares e depois foi publicado pela editora Generale. Babi é amada pelo seu público e possui diversos fã-clubes nas redes sociais. Tem uma escrita leve e moderna perfeita para seu público teen. 




CAROLINA MUNHÓZ 


Jornalista e escritora de 27 anos, escreve livros de fantasia Young Adult. Já possui grande reconhecimento no mercado literário. Foi eleita a melhor escritora pelo Prêmio Jovem Brasileiro e também foi capa do jornal "Folha de S. Paulo" sendo apontada como referência em literatura fantástica. Seu primeiro livro foi "A Fada", lançado pela primeira vez em 2009 pela editora Arte Escrita, relançado depois pela Novo Século em 2011, e, em 2012, pela selo Fantasy da editora Casa da Palavra. Seu segundo livro "O Inverno das Fadas" é sucesso absoluto de vendas. As grandes influências da autora são J. K. Rowling e Paulo Coelho.


Christine m.



Paulista de 31 anos, Christine sempre foi uma leitora apaixonada mas começou a escrever tarde.  Seu primeiro livro "Sob a Luz dos Seus Olhos" foi escrito em cinco meses e aprovado em dois dias pela Editora Underworld, lançando em 2012, é um romance que conquista a grande maioria dos seus leitores. 
Christine é uma escritora sensível e observadora, dona de uma doçura incrível, características que podem ser observadas em seu segundo livro, "Meus Melhores Rascunhos", uma coletânea de contos, poemas e frases publicados inicialmente na internet. A "escrevedora", como gosta se se chamar, também lançou recentemente seu terceiro livro, "O Que Não Diz a Lenda", também pela Editora Underworld. Christine se destaca pela enorme talento. Uma escritora de muito potencial. 




EDUARDO SPOHR




Um dos maiores nomes da literatura fantástica no país, Eduardo publicou seu primeiro livro "Batalha do Apocalipse" primeiramente de forma independente na internet, alcançando grande sucesso, fato que acabou ocasionando a publicação do romance pela editora Verus, em 2010. O livro que fala do fim do mundo e viaja por várias civilizações e épocas, vendeu em seus primeiros seis meses nada menos do que 50 mil cópias,  frequentando a lista dos mais vendidos por meses. Seu segundo livro "Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida" foi lançado no ano seguinte pela mesma editora, com o mesmo sucesso. O autor também é participante do podcast Nerdcast, do blog Jovem Nerd, de grande visibilidade.







Janaina rico 


Umas das pioneiras do chick-lit nacional, a brasiliense Janina Rico é umas das autoras que mais levanta a bandeira em prol dos livros nacionais. Seu primeiro livro "Ser Clara" foi relançado em 2012 pela editora Underworld e começou gerando polêmica pela divertida capa. O livro que inaugura uma série de cinco livros sobre a personagem Clara é divertido e moderno, perfeito para as mulheres. De jeito bem-humorado e extrovertido, Janaina também é autora do projeto "365 Dias de sensualidade", onde publica diariamente, desde maio do ano passado, um conto hot e uma foto sensual sua.  Seu terceiro livro, "Apimentando" foi lançado recentemente e também escreveu o livro infantil "O maravilhoso livro de desenhos da menina que não sabia desenhar".



Leila Rego 




Outro destaque do chick-lit nacional, Leila Rego lançou seu primeiro livro em 2009, "Pobre não tem sorte", um sucesso do gênero. Um ano depois, em 2010, venho a sequência: "Pobre não tem sorte 2 - Alguma Coisa aconteceu no meu coração" que ganhou o Codex de Ouro como melhor chick-lit de 2011. A autora se inspira em grandes nomes do seu gênero. 
"Amigas "(Im)perfeitas" é seu terceiro livro, publicado pela editora Gutenberg e já está na segunda edição.








Lycia barros 


Carioca e mãe de dois filhos, Lycia Barros passeia por vários estilos diferentes. Já possui mais de cinco livros publicados, entre romances juvenis e adultos. Lançou seu primeiro livro, "A Bandeja - Qual pecado te seduz?", considerado o primeiro livro gospel brasileiro, em 2010. Além de escrever livros gospel, Lycia lançou dois livros infantojuvenis, o primeiro dele "Tortura Cor-de-Rosa", em 2011, que aborda o bullying entre os adolescentes, e o segundo "A Garota do Outro Lado da Rua", pela editora Novo Século. 
Considerada um dos grandes nomes dessa leva de novos autores, Lycia Barros também dá palestras por todo Brasil e ministra cursos de escrita para autores iniciantes.




Paula pimenta 



Um fenômeno. Mineira de fala mansa e tímida, Paula Pimenta é dona de uma escrita evolvente e autora da série teen brasileira mais vendida dos últimos anos. "Fazendo Meu Filme" conta a história de Fani da adolescência a fase adulta, em quatro volumes, um sucesso absoluto de público e crítica. A escritora já ultrapassou mais de 50 mil cópias vendidas e será adaptada pro cinema, sua maior referência é a americana Meg Cabot. Além de "Fazendo Meu Filme", Paula já lançou três livros, de poesias e crônicas, e "Minha Vida Fora de Série".




Tammy Luciano





Atriz, jornalista e escritora, Tammy é uma pessoa cativante e cheia de energia. Autora de quatro livros, sendo o primeiro deles a biografia da modelo Fernanda Vogel. Ganhou notoriedade com o seu terceiro livro e primeiro romance, "Sou Toda Errada" foi publicado em 2009 e conta uma história diferente, protagonizada por uma garota perturbada e má. Em 2012, o veio o sucesso "Garota Replay ", lançado pela editora Novo Conceito o que a tornou a primeira escritora brasileira do Selo Novo Conceito Jovem.  Tammy também faz sucesso com o projeto de vídeos do "Crônica Falada". 




VAnessa Bosso



Autora e redatora publicitária há mais de 10 anos. Descobriu sua verdadeira vocação há pouco menos de 2 anos quando escreveu seu primeiro romance: "2012 - Uma aventura no fim do mundo". Desde então foram mais seis livros lançados, onde passeia por gêneros como ficção-científica, realidade distópica, fantasia e realidade. "O Imortal" e "Possuída" são seus romances mais conhecidos.







Esta lista foi baseada em notoriedade no cenário desse novos nomes, qualidade das obras, vendas e, também, opiniões pessoais. 

Além desses, há outros inúmeros nomes recém-surgidos que podem ser destacados neste segmento da nossa literatura. Com qualidade de escrita e empenho pela nossa literatura igualmente notáveis, como os mostrados a seguir. 

Citações honrosas: Patrícia Barboza, André Vianco, Juliana Ferreira, Samanta Holtz, Adriana Brazil, Vanessa de Cássia, Lu Piras, Fernanda Belém, Danilo Barbosa, Josy Tostaro, Gisele Galindo, Felipe Colbert e Maurício Gomyde. 

Não deixe de assina a petição do "Eu Leio Brasil" que simboliza toda essa nossa luta e pretende  mostrar o tamanho da nossa voz em prol de um cenário literário mais justo. 

Espero que tenham curtido e se informado melhor. 

É bom estar de volta. Abraços. 

#CurtoEDireto: Outono de Sonhos - Doce e romântico até dizer chega



Na Coluna #CurtoEDireto eu faço um modelo diferente de resenha literária, o objetivo é um só: ir direto ao ponto. As obras que passarem nesta coluna serão analisadas em quatro itens básicos, ressaltando seus aspectos negativos e positivos. 







Título: Outono de Sonhos
Autor: Adriana Brazil
Editora: Novo Século - Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 355
Ano: 2011

Página no Skoob

"Outono de Sonhos é o primeiro volume da Série Foi Assim que te Amei. Nesse romance Helen é uma jovem cheia de sonhos e objetivos a conquistar, filha única de uma família estruturada e feliz. No início da trama ela se vê envolta à expectativa do primeiro dia de aula na faculdade de Letras da UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina. O talento para escrever rende a Helen o convite para dar continuidade a um projeto parado na faculdade, terminar um conto de amor entre um príncipe e uma plebeia, iniciado pelo escritor e estudante de teatro, Andrew Gamberini, que sofreu um acidente há um ano e abandonou a faculdade. Conforme entra em contato com a trama, Helen descobre-se apaixonada pelo seu autor e viverá intensamente um romance pelas quatro estações do ano. Outono dos Sonhos é uma obra apaixonante, levando o leitor a mergulhar em uma surpreendente e emocionante história de amor."



"Outono de Sonhos" é uma história doce e romântica que conta a trama de Helen, uma jovem bem recatada estudante de Letras, que é convidada a terminar a história "O Príncipe e a Plebeia", famosa por toda a faculdade. Através desta história ela conhece Andrew, que forma com Helen o casal principal do livro.  

Nostalgia Premiada: O tocante "Meus Melhores Rascunhos", que me fez sonhar + Sorteio










A coluna #Nostalgia de hoje está pra lá de especial. Não, ela não trás um clássico da literatura, mas trás um livro mega especial, que me marcou de forma muito positiva, por isso ele está aqui. Além é claro, de ainda ter um sorteio no final do post!

"Quando eu canso de viver, escrevo." (pág.11)


Sou um grande fã da autora Christine M., desde seu primeiro romance o "Sob a luz dos seus olhos" (que já foi resenhado aqui). O primeiro livro dela me conquistou e o segundo foi ainda melhor...

“Meus Melhores Rascunhos” traz uma coleção de crônicas, contos, versos e aforismos retirados do antigo blog da autora, além de inéditos. Textos que falam sobre a vida, relacionamentos humanos, desejos, medos, textos humanos acima de tudo.

#Rascunhos: O que me disseram sobre o amor





Aqui na coluna #Rascunhos você confere alguns textinhos que eu escrevo numa aula chata ou enquanto estou no ônibus indo pra algum lugar. Pensamentos meus ou não, histórias inventadas ou reais. Pequenos devaneios apenas.

O que me disseram sobre o amor

#PapoDesvairado: Conheça as estações de Adriana Brazil



Confira na coluna #PapoDesvairado uma entrevista descontraída com autores que estão se destacando na literatura nacional.





Na estreia do nosso bate-papo conversamos com a escritora Adriana Brazil, autora da série "Foi Assim Que Te Amei", que tem se sobressaído por seus doces romances.
Adriana nasceu no Rio de Janeiro e cresceu ouvindo histórias carregadas de fantasia que seu pai contava, tornou-se amante dos livros logo no início da adolescência. Apaixonada pelas artes formou-se em Música na Escola Villa-Lobos. Sua paixão pela escrita veio à tona em dezembro de 2009, quando nasceu seu romance, "Outono de Sonhos", indicado ao prêmio Codex de Ouro 2011 nas categorias Romance e Designer de Capa. Adriana estuda Letras e é colunista da Revista Cristã, coluna Estações, uma publicação mensal. Atualmente, a autora dedica-se a um projeto que envolve o ensino de música e leitura para crianças e participa ativamente dos eventos com o grupo Turnê Literária. Além de escrever, gosta de fotografia e pintura, atualmente está casada e tem um filho de cinco anos.

Confira abaixo a entrevista:


#CurtoEDireto: Entre Amores Cruzados -



Na Coluna #CurtoEDireto eu faço um modelo diferente de resenha literária, o objetivo é um só: ir direto ao ponto. As obras que passarem nesta coluna serão analisadas em quatro itens básicos, ressaltando seus aspectos negativos e positivos. 





Título: Entre Amores Cruzados
Autor: Vanessa de Cássia
Editora: Novo Século - Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 520
Ano: 2012

Página no Skoob

"Verônica pensa que está voltando de suas crises diárias, vive em uma profunda dor, que ela mesma causa. Quando se vê diante do amor, onde tudo passa ou simplesmente some! O amor cura suas dores; Ela pensa assim. Começa a viver novamente e sentir o verdadeiro sentido da vida, fiel a ela e a seu amor para curá-la. Em sua busca ela encontra e reencontra amores, do presente e do passado. Ela se vê dividida, e decide vivenciar cada amor do seu jeito. Amando ela segue, mas só não sabe onde vai chegar esses amores. Que tanto a faz sentir-se viva, como pode ser seu verdadeiro buraco negro. Uma pequena grande mulher, tentando descobrir as aventuras e desventuras do amor... Vivendo um bom e quente triângulo amoroso. Com palavras doces, sentimentos contidos, amor corriqueiro, muita sensualidade, lutas por vencer e um grande desafio aos que lerem com carinho e dedicação, assim como foi feita essa incrível história..."

#Novidades: Christine M. lança novo livro pela Underworld











Depois de encantar leitores com o romance "Sob a Luz dos Seus Olhos" e mais recentemente com "Meus Melhores Rascuhos", a escritora Christine M. está lançando seu novo livro. Com o instigante título de "O Que Não Diz a Lenda" o livro narra a aventura de Alice, uma jovem do futuro que corre atrás para descobrir segredos de seu passado no mesmo tempo em que vive um triângulo amoroso com seu amor de infância, Ian Orlov e o Capitão Johnson.

Confira a sinopse oficial da obra: 

Buscar

Carregando...
 

Já passaram por aqui:

O que fez sucesso

A Paulicéia Desvairada Copyright © 2011 | Tema diseñado por: compartidisimo | Con la tecnología de: Blogger